domingo, 31 de maio de 2009

Viagem dos sonhos








Talvez eu não consiga a minha viagem dos sonhos, esta é diretamente proporcional ao "dindim" no bolso. Mas se eu realmente for a Paris, não quero apenas conhecer o Arco do Triunfo, a Champs Elysèes, nem a Paris dos grandes restaurantes, das grandes lojas e galerias, do Louvre e do Palácio de Versailles. Eu quero a Paris que remete a Truffaut e às andanças e romances do Antoine Doinel, e que também remete aos diálogos de personagens que se confundem com o ambiente, numa espontaneidade singular própria das obras do Eric Rohmer. Queria tomar um café com a Celine e o Jesse, apreciar as delícias do Remy, correr sem rumo com Jules, Jim e Catherine e ficar amiga da Amélie. Tem certeza que a Clementine e o Joel são americanos? Infelizmente o Woody ainda não filmou lá, apesar de que sua Manhattan em P&B tem um clima bem parisiense. Anseio também ver as cores de Monet e de Van Gogh, ouvir Edith Piaf e Charles Aznavour, ver as fotos do Robert Doisneau, conversar com Alan Resnais, dançar com o mímico de "Tour Eiffel" e abraçar a Carol, a gordinha simpática de sorriso melancólico do curta final do filme Paris, Te Amo.



video

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Casar é fácil?

Sempre achei que seria muito mais difícil a vida de casada do que os preparativos para o casório. Ainda, indubitavelmente, concordo comigo mesma, contudo é impressionante a quantidade de coisas que temos que resolver por mais bobas que sejam e ai de nós se não tivéssemos nossos anjos da guarda, os cerimonialistas.

Hoje em dia a internet também é de muito auxílio, já que temos acesso a inúmeros blogs com dicas, fotos, uma verdadeira aula de dissecação de todos os elementos presentes no casamento. Do chá de panela à lua de mel não faltam assuntos e sempre escritos com charme por essas uptown girls: Fernanda Floret, Constance Zahn, Mariana Picolo, Georgia Nog, Paula Vallias, Bertie, Aninha, Carla Cavalcante, Ângela Brasil, Renata Ventura, Karen, Jéssica etc. E sem falar no orkut com suas comunidades onde muitas noivinhas contam suas experiências e trocam dicas e informações. Ademais, muitos fornecedores têm sites o que facilita deveras a vida da gente que mora longe das grandes metrópoles. O grande problema é a gente gostar de tudo, haja $$$$.

Quando resolvi entrar de vez no mundo "wedding", estava completamente oca de idéias, uma verdadeira "caloura". Fui visitar o decorador em um estado de letargia impressionante, pouco palpitei, balbuciei poucas palavras, catatonia. Entretanto, depois do intensivão que tive, a segunda visita quase não o deixei falar (voltei à minha verborragia habitual).

Bem, então casar não é difícil, mas também não é tão fácil assim. E toda noiva é estressada? À medida que os meses passam e a data se aproxima, não tem como bater aquele friozinho na barriga. Tornamo-nos esquemáticas, metódicas, detalhistas ao extremo, mas entendam nossas chatices, isso passa! Não podemos somatizar: obrigada tendinite, torcicolo, enxaqueca etc. Ah e cuidado para não virar uma bridezilla.





HASTA!

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Primeiro post

Blog ainda em fase de construção. Retirando as traves fibróticas dos dedos e tentando recomeçar a escrever. 18 de dezembro - The big day.

 

The Big Day - Mon Marriage!!! © 2008. Template Design By: SkinCorner